Venâncio Mondlane promete “independência económica”

Venâncio Mondlane promete “independência económica”

O candidato da Coligação Aliança Democrática (CAD), Venâncio Mondlane, actualmente na província de Nampula, afirmou que, se eleito nas eleições de 9 de Outubro, se dedicará intensamente para alcançar a independência económica de Moçambique. Segundo ele, isso implica reduzir as importações de vários produtos e bens de consumo.

Durante um discurso na última quarta-feira em Nampula, Mondlane prometeu construir novas unidades industriais e requalificar as existentes para aumentar as receitas do Estado.

“Pretendemos mobilizar os recursos para reactivar as nossas indústrias actualmente inoperantes e construir novas, criando assim empregos para os jovens. Para isso, precisamos substituir os actuais detentores do poder”, disse Mondlane.

Ele também mencionou o seu conhecimento abrangente do país e, se eleito, prometeu reabilitar a Estrada Nacional Número 1 (N1) para facilitar o transporte rápido de pessoas e mercadorias.

“Queremos garantir desde já que vamos criar condições para a reabilitação da N1, usando as receitas geradas pela implantação de indústrias em zonas estratégicas para acelerar a economia do país”, prometeu o candidato.

Em relação à corrupção, Mondlane destacou que este problema é um obstáculo para o desenvolvimento e pediu o envolvimento de todos os moçambicanos no combate a essa prática. “Queremos garantir que iremos erradicar a corrupção em todos os níveis”, enfatizou.